um livro para cada sentimento

Ler um bom livro é tipo viver um beijo apaixonado: a gente sente a perna tremer, o coração disparar, a vida fazer sentido, dá uma vontade de correr pra página da frente pra saber o que vai acontecer mas, ao mesmo tempo, congelar o momento naquela linha, ai meu Deus do céu como faz pra viver nesse eterno no nunca pra sempre alguém me passa um livro tô tremendo, brigada.

respira

É tanto sentimento que dá pra sentir (com o perdão do pleonasmo) num bom mergulho-interior através da leitura que achamos que valeria postar aqui uma lista-amiga de que obra provoca qual sensação! Meio que como receituário médico, sabe?

“dor de garganta”, toma mel com gengibre…

“dor de ouvido” algodão com alcool…

“dor de cotovelo” toma coragem e sai pra viver as aventuras do mundo, miga

São remédios caseiros, tá?

Mas com boa imaginação eles podem ter efeitos bem reais.

Segue a lista:

Voltaire, Candido ou o otimismo. Atente-se ao personagem Pangloss.

RECOMEÇOS

A elegância do ouriço, Muriel Barbery. Mande um beijo nosso para a Renée. Diga que estamos com saudades dela <3

VIDA

Nu de Botas, do Mario Prata. Leia descalça.

EMPATIA E VERDADE

Para a empatia, recomendamos Voltaire, Zadig ou do Destino (você encontra esse texto dele em livretos de bolso ou nos compilados da Ed. Globo.

Para verdades, indicamos o Ensina-me a Viver, do Colin Higgins. A hello quase chamou Maude e você vai ver logo nas primeiras páginas o porquê

MEDO

Dostoiévski Trip, do Vladmir Sorokin. Vai dar medo a quantidade de livros que você vai ficar com vontade de ler…

ENERGIA

O livro das mulheres extraordinárias, Xico Sá, página 179.

CRIATIVIDADE

Em busca do tempo perdido, Proust. Boa viagem

LEVEZA

Mario Quintana, Melhores Poemas, do Fausto Cunha, se você quiser uma leitura leve. Se você quiser ficar MAIS leve, Sêneca, sobre a brevidade da vida <3

SINTONIA

Riacho Doce, José Lins do Rego. Leia ao ar livre

SONHOS

Livro das Mil e uma noites, volume 1, Ramo Sírio, se você quiser sonho tipo Disney ; a Interpretação dos Sonhos, Freud, Volume 2, Letras G e H sobre sonhos e criatividade, se vocês quiser sonho tipo padaria.

DOR – física

História da feiúra, Umberto Eco, se você for do tipo que arranca casquinha. História da Beleza, idem, se você for do tipo que coloca band-aid.

*se você é do tipo que arranca casquinha:

Notas do subsolo, Dostoiesvki se você arranca com prazer.

Crime e Castigo, idem, se você arranca sofrendo.

Beijocas e boa viagem!

hello

Share this article

About Helô Gomes

You May Also Like

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *