O tempo do tempo

Pelo menos uma vez ao dia eu paro tudo que estiver fazendo pra sentir o cheiro do ar. Mas sentir, assim: com o filtro da pele, da mente, dos poros, da minha coluna, narinas, memórias, paranóias, afetos e, principalmente, sentimentos. A experiência por mais simples que pareça é bem rara e toda vez é inédita. […]