• Coletivo Lírico
  • /
  • Autora defende literatura com mensagens éticas para incentivar transformação individual e social

Autora defende literatura com mensagens éticas para incentivar transformação individual e social

por | 8/08/2023 | 2023, coletivo lirico, cultura, cultura pop, feminismo, lifestyle, literatura

Com “O Mundo de Best”, Selma G. Santana trata sobre amor ao próximo, amizade e empatia por meio de uma saga de fantasia para jovens adultos


Selma G. Santana
 publicou Mundo de Best e a Cidade da Fonte Tríade, segundo livro de uma saga de fantasia, com objetivo de reforçar seu compromisso primordial com os leitores: o de propagar ideias sobre amizade, ética, amor ao próximo e empatia. Por meio de uma literatura repleta de mensagens positivas, ela mostra como é possível narrar uma história sem violências, mas capaz de prender o público até a última página.

Em entrevista, ela comenta o processo criativo para construção do enredo, explica como a literatura pode ser uma ferramenta para as pessoas se reconectarem com suas essências e dá spoilers sobre próximos lançamentos. Leia:

1 – Como foi o processo de construção do universo fantástico da saga “O Mundo de Best”?

Selma G. Santana: Escrever, para mim, é um hobby, me divirto muito quando me entrego à inspiração! Quando me entrego, simplesmente permito, aceito, agradeço, deixo fluir e seguir no ritmo do Grande É! Não planejo absolutamente nada, as histórias e os personagens são surpresas para mim, tanto quanto é para o leitor.

2 – Você aborda temas universais, como a amizade, a ética, o amor ao próximo… Por que alinhar mensagens como essa ao livro de fantasia?

S.G.S: O lúdico sempre encanta, sempre consegue tocar e alcançar o ser humano em qualquer idade e circunstâncias da vida. Quero levar temas que considero essenciais para a transformação da nossa sociedade de forma divertida e, ao mesmo tempo, quero levá-lo a alcançar o seu âmago e a questionar sobre o sentido da existência, percebendo que sua individualidade é parte da construção de um todo. Acredito que a transformação de uma sociedade só será possível partindo de cada um de nós. Acredito que qualquer revolução a ser feita começa de dentro para fora, não ao contrário.

3 – Quem é Best? Como a trajetória da protagonista pode se conectar com as realidades dos leitores?

S.G.S: Best poderia ser o próprio leitor, poderia ser qualquer pessoa… O papel de Best é tentar despertar a importância de qualquer cidadão (principalmente os que se julgam comuns e sem importância), vestindo a sua “Best versão”, sua melhor versão dentro da sociedade, olhando o próximo como se olhassem para um espelho. O papel da protagonista Best é fazer um paralelo com a possibilidade de que qualquer ser humano pode ser a sua melhor versão.

4 – Além de amizade, ética e solidariedade, que outras mensagens você transmite por meio da obra?

S.G.S: Que existe uma força imensurável permeando tudo e todos, que esta força em sua essência é puro amor e luz. Que há uma fração dessa força imensurável dentro de cada ser, esperando a permissão para se manifestar através de nós. Essa força é elegante; ela não invade, mas espera ser convidada para entrar.

5 – Quais spoilers você já pode dar sobre a continuação da saga?

S.G.S: No terceiro volume da obra “O Mundo de Best”, o nosso querido Pedra volta a ser o protagonista. Só que desta vez sem estar configurado em rígidas partículas de um topázio verde. No próximo volume, o Pedra segue como Topázio, uma consciência revestida na pele de um homem deslumbrado e de frente com a dualidade. Isso necessariamente o envolverá em atitudes perante a vida que, independentemente do resultado, serão transformadas em aprendizados para o nosso personagem que ainda continua com a cabeça dura como uma pedra. Por sorte, ele contará com seres que o ajudarão nesta sua nova jornada, em especial, Passarinho Cabeleireiro, o seu mestre conselheiro nas horas de confusões.

Sobre a autora: Selma G. Santana é empreendedora, formada em Administração e Gestão Pública. Encontrou a verdadeira vocação na literatura e escreve poemas e histórias lúdicas sem violência, com o desejo de transmitir mensagens sobre liberdade com ética, solidariedade e amor aos leitores. Para ela, por meio da literatura é possível “transformar pessoas e também o mundo”. O Mundo de Best e a Cidade da Fonte Tríade é a segunda obra da autora.

Redes sociais: Instagram | Instagram do livro | Site




Autor:

Helô Gomes
Helô Gomes é bacharel em jornalismo, premiada nacionalmente com a obra "Cordel de Moda - arte e Cotidiano na feira de Caruaru"; cobriu as principais semanas de moda do circuito Nova York, Londres, Milão, Paris, Rio e São Paulo, publicou e apresentou pesquisas científicas a convite da USP em Dublin, Moscou, Budapeste e Cracóvia, é apaixonada por literatura e arte e no Coletivo Lírico expressa todo seu olhar sobre a moda em forma de objetos de consumo afetivos

Ver perfil e publicações >

Confira nossos produtos!
0 comentários
Enviar um comentário

Leia mais!

Carrinho0
Seu carrinho está vazio =(
Continuar Comprando
0
Abrir bate-papo
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?