fbpx

curso gratuito: O Império do Efêmero: Moda, sociedade e individualidade

Alerta curso gratuito de moda em SP: entre os dias 22 de agosto a 26 de setembro o nosso professor muso-querido-master-inteligentíssimo Brunno Maia vai ministrar um curso maravibes na Oficina Cultural Oswald de Andrade, olha só:

O curso O Império do Efêmero: Moda, sociedade e individualidade, ministrado pelo pesquisador em filosofia pela UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo), e pesquisador residente do NECMIS (Núcleo de Estudos Contemporâneos do Museu da Imagem e do Som), Brunno Almeida Maia, na Oficina Cultural Oswald de Andrade – instituição gerenciada pela Poiesis – no bairro do Bom Retiro, em São Paulo, visa circunscrever e analisar os principais conceitos filosóficos, sociológicos e históricos presentes no livro “O Império do Efêmero: a moda e seu destino nas sociedades modernas” (1987), do filósofo francês Gilles Lipovetsky (1944-). De 22 de agosto a 26 de setembro, com aulas todas as quartas e sextas-feiras, das 18h30 às 21h30, o curso gratuito tem inscrições abertas até o dia 11/08, pelo site www.oficinasculturais.org.br.

Para investigar a dialética entre sociedade e individualidade, entrelaçada com o fenômeno social da Moda na Modernidade, a atividade tem como principal objetivo introduzir o estudante, o pesquisador e o profissional das áreas de Moda, artes e ciências humanas ao pensamento de Gilles Lipovetsky, principal teórico francês contemporâneo da hipermodernidade, da pós-modernidade e da sociedade de consumo, publicado, lido e estudado no Brasil desde os anos 2000.

A partir de um diálogo com a tradição da sociologia – sobretudo a sociologia alemã e a francesa – da historiografia e da filosofia dos séculos XIX e XX, numa constelação de autores como Gabriel de Tarde, Georg Simmel, Fernand Braudel, Lucien Febvre, François Boucher, Norbert Elias, John Carl Flügel, Thorstein Veblen, James Laver, Charles Baudelaire, René König, Roland Barthes, Pierre Bourdieu, Jean Baudrillard, Herbert Marcuse, Guy Debord, Karl Marx, Jürgen Habermas e Hannah Arendt, o programa do curso busca, de maneira didática, fornecer os principais conceitos expostos no livro para a compreensão da Moda como fenômeno social do ocidente, a partir dos quatro períodos propostos por Lipovetsky: a Moda Artesanal e/ ou Aristocrática, a Moda de Cem Anos, a Moda Aberta e a Moda Consumada.

Principal teórico contemporâneo da hipermodernidade, da pós-modernidade e das sociedades de consumo, o francês Gilles Lipovetsky obteve no Brasil uma boa recepção dos leitores, da academia e da crítica especializada, desde a publicação de seus primeiros trabalhos no início dos anos 2000. Muito utilizado como citação nos principais cursos de moda, artes e ciências humanas das faculdades e universidades brasileiras, falta à teoria de Moda no país um estudo aprofundado da principal obra do autor, “O império do efêmero: a moda e seu destino nas sociedades modernas”, num diálogo com a tradição filosófica, sociológica e historiográfica que compõe o livro. Neste aspecto, o curso visa preencher esta lacuna, ao traçar um panorama da produção intelectual do filósofo a partir da obra já citada, servindo como uma introdução aos conceitos-chave da filosofia lipovetskyana”, destaca Almeida Maia.

Para tal tarefa, a Oficina Cultural Oswald de Andrade convidou Brunno Almeida Maia para a coordenação do projeto. Idealizador da pesquisa “A Literatura e a Moda”, que investiga os diálogos entre moda, literatura, filosofia e arte, Almeida Maia ministra cursos, workshops e palestras desde o ano de 2012 em espaços culturais, escolas e universidades. O projeto “A Literatura e a Moda”, que começou ao lado do estilista brasileiro Walter Rodrigues e, hoje, segue com Almeida Maia e Eduardo Laurino, convidou em 2016 a escritora brasileira Anita Deak, uma das finalistas do Prêmio Sesc de Literatura, para participar de “Assimetrias do Tempo: a construção e a desconstrução na Moda, na Literatura e na Filosofia”, que integrou o projeto “#ForadeModa”, com co-curadoria do estilista brasileiro Fause Haten, no Sesc Ipiranga. Recentemente, o fotógrafo paulistano Gal Oppido compôs o time do curso-projeto “Figurações do Tempo: relações entre Moda e Imagem”, na Oficina Cultural Oswald de Andrade. A pesquisa rendeu, ainda, convite a Almeida Maia para integrar o quadro de docentes do Senac Lapa Faustolo, e realizar cursos de extensão no Departamento de Pós-Graduação, Extensão e Cursos Livres da FAAP – Fundação Armando Alvares Penteado, e no Centro Universitário Belas Artes, em SP. Ao longo destes anos, Almeida Maia participou dos projetos “Pano pra Manga”, que reuniu, numa programação mensal, os principais nomes da moda brasileira num evento no Sesc Pompeia, e da coletânea “Moda Vestimenta Corpo” (Ed. Estação das Letras e Cores, 2015), no qual assina um capítulo sobre a relação entre literatura e moda, no contexto do Brasil do Segundo Império, a partir do romance “Lucíola” (1862), de José de Alencar.

Localizada no tradicional bairro paulistano do Bom Retiro – polo cultural e econômico do mercado têxtil, e ao lado da Casa do Povo, residência do G>E, grupo de pesquisa em moda e design coordenado pela estilista e artista Karlla Gitrotto –, a Oficina Cultural Oswald de Andrade, desde a sua fundação, em 1986, promove atividades, como oficinas, cursos, palestras e workshops na área de moda com profissionais e pesquisadores da área, como Alcino Leite Neto, ex-editor de Moda da Folha de São Paulo, o jornalista Mário Mendes, os fotógrafos Gal Oppido e Bob Wolfenson, os estilistas Dudu Bertholini, Walter Rodrigues, Guilherme Mata, Conrado Segreto, a empresária e jornalista Costanza Pascolato, o designer Guto Lacaz, o escritor Ignácio de Loyola Brandão e o historiador João Braga.

 

SERVIÇO

OFICINA CULTURAL OSWALD DE ANDRADE

CULTURA GERAL/ MODA E FILOSOFIA

“O Império do Efêmero”: Moda, sociedade e individualidade

22/08 a 26/09* – quartas e sextas-feiras, das 18H30 às 21h30.

02/7 a 11/8 – Inscrições online pelo www.oficinasculturais.org.br ou aqui.

15/08 – Divulgação dos selecionados.

22/08 – Início das aulas.

*Obs: Não haverá aula no dia 07 de setembro (sexta-feira), devido ao feriado nacional da Independência do Brasil.

Público: Estudantes, pesquisadores e profissionais de Moda, Artes e Ciências Humanas, a partir de 18 anos de idade.

Inscrições: 02/07 a 11/08.

Seleção: CV e carta de interesse.

50 vagas – Gratuito.

 

Endereço: Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro – CEP: 01123-001 – São Paulo – SP.

Telefones: (11) 3222-2662 / 3221-4704/ (11) 11 3221-5558/ (11) 11 3222-9574/ (11) 3222-4683.

E-mail: [email protected]

Site: http://www.oficinasculturais.org.br/unidades/?oficina=7

Funcionamento: Segunda a sexta das 9h às 22h e aos sábados das 13h às 21h.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Fechar Menu
×

Carrinho