Desejo, logo ex-sisto

por | 15/09/2023 | 2023

“O que sou eu” – é a pergunta que leva Descartes a fundamentar pela primeira vez na história das idéias o conceito de sujeito. O projeto de outra obra do autor, o livro “Discurso do Método (é curtinho, com fé você lê sozinha) se encontra explícito seu título: trata de procurar a VERDADE nas Ciências.

O que é verdadeiro pra Descartes é o que pode ser distinguido como “claro e distintamente” unicamente pela razão. Eis o surgimento da ciência moderna: o sujeito sobre o qual opera a psicanálise (eu, você, seu crush, seus familiares), sem o qual ela não poderá ter vindo à luz.

O que eu vejo, ouço, apalpo ou sinto não me dizem o que sou. meu corpo tão pouco me define. A dúvida hiperbólica de quem sou eu, é respondida simplesmente pelo ápice em um único ponto de certeza: o pensamento.

Nesse duvidar de tudo uma coisa é pelo menos certa: que eu estou pensando… Sou, existo. Isto é certo. Mas, por quando tempo? O tempo em que eu pensar.

Pois é somente quando eu deixar de pensar que eu vou deixar de existir.

Autor:

Helô Gomes
Helô Gomes é bacharel em jornalismo, premiada nacionalmente com a obra "Cordel de Moda - arte e Cotidiano na feira de Caruaru"; cobriu as principais semanas de moda do circuito Nova York, Londres, Milão, Paris, Rio e São Paulo, publicou e apresentou pesquisas científicas a convite da USP em Dublin, Moscou, Budapeste e Cracóvia, é apaixonada por literatura e arte e no Coletivo Lírico expressa todo seu olhar sobre a moda em forma de objetos de consumo afetivos

Ver perfil e publicações >

0 comentários
Enviar um comentário

Leia mais!

Carrinho0
Seu carrinho está vazio =(
Continuar Comprando
0
Abrir bate-papo
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?