Pare de se torturar seguindo gente que te faz mal

por | 29/04/2024 | 2024, vida interior

Já falei isso aqui outras vezes, mas não canso de repetir: não compare seu backstage com o palco alheia. 

A inspiração tem potencial criativo, a inveja, tem apenas lixo existencial. 

Explico: a inveja é uma emoção complexa caracterizada pelo desejo de possuir ou alcançar algo que outra pessoa tem e que você deseja para si mesmo. Pode envolver sentimentos de ressentimento, amargura ou tristeza em relação ao sucesso, conquistas, posses ou qualidades de outra pessoa.

A inveja muitas vezes surge quando alguém se compara a outra pessoa e percebe uma disparidade entre suas próprias circunstâncias e as da outra pessoa. Pode ser desencadeada por diversos motivos, como o sucesso profissional, a felicidade pessoal, os relacionamentos interpessoais, as posses materiais, entre outros.

Embora a inveja seja uma emoção natural e comum, ela pode ter consequências negativas se não for gerenciada adequadamente. Pode levar a sentimentos de inadequação, baixa autoestima, ressentimento em relação aos outros e até mesmo comportamentos prejudiciais, como fofocas, sabotagem ou comportamento competitivo excessivo.

É importante reconhecer e entender os sentimentos de inveja quando surgem e procurar maneiras saudáveis de lidar com eles, como praticar a gratidão, cultivar a autoaceitação e focar em metas pessoais realistas ou, simplesmente, deixar de seguir determinados perfis nas redes sociais. 

Já a inspiração é uma emoção positiva que surge quando somos tocados ou influenciados de alguma forma por algo externo, seja uma pessoa, uma ideia, uma obra de arte, uma experiência ou até mesmo pela natureza. É aquela sensação de ser estimulado ou motivado a fazer algo significativo, criativo ou transformador.

Quando estamos inspirados, podemos sentir um impulso interno para agir, criar, explorar novas ideias ou perseguir nossos objetivos com renovado entusiasmo. A inspiração muitas vezes nos faz sentir energizados, cheios de esperança e motivados a buscar o melhor de nós mesmos. 

A inspiração pode vir de diversas fontes, como uma conversa estimulante com um amigo, a leitura de um livro inspirador, a contemplação de uma bela paisagem, a observação de pessoas que admiramos (online ou offline) ou a experiência de superar desafios pessoais.

Ela desempenha um papel importante em muitos aspectos da vida humana, incluindo na criatividade, na inovação, na busca de significado e propósito, e até mesmo na superação de obstáculos. Estar inspirado pode impulsionar o crescimento pessoal e contribuir para um maior bem-estar emocional e mental.

A receita para o sucesso é força mental e disciplina. 

Lembre-se disso quando rolar seu feed por cima de um monte de gente que não tem a menor sintonia com a sua realidade. 

Beijocas com afeto

Sra. Helô




Autor:

Helô Gomes
Helô Gomes é bacharel em jornalismo, premiada nacionalmente com a obra "Cordel de Moda - arte e Cotidiano na feira de Caruaru"; cobriu as principais semanas de moda do circuito Nova York, Londres, Milão, Paris, Rio e São Paulo, publicou e apresentou pesquisas científicas a convite da USP em Dublin, Moscou, Budapeste e Cracóvia, é apaixonada por literatura e arte e no Coletivo Lírico expressa todo seu olhar sobre a moda em forma de objetos de consumo afetivos

Ver perfil e publicações >

0 comentários
Enviar um comentário

Leia mais!

Carrinho0
Seu carrinho está vazio =(
Continuar Comprando
0
Abrir bate-papo
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?