fbpx

Grande Sertão Veredas

R$70,00R$256,35

Preços variam de acordo com item e quantidade de tinta na produção ;)

Para saber um valor específico de produto ou calcular o frete, basta clicar no produto que deseja, escolher cor e tamanho.

Simulação de frete


Limpar

Para uma nova pesquisa de PREÇO, clicar em LIMPAR.

COMPRE AGORA E VISTA-SE DE SI MESMO PARA SEMPRE! Nossos produtos são eternos porque não são tendências de moda. São modos do seu humor, sua história de vida, suas referências de arte, cultura, memes, amores, desamores e, claro: amor próprio! O mais infinito, múltiplo e criativo de todos! 

100% algodão / estampa zero toque / lava na máquina

caso queira uma modelagem diferente da nossa já tradicional camiseta, basta deixar um recadinho pra gente em ‘nota do cliente’ no check out informando sua escolha:1) baby look 2) baby look gola V,  3) gola canoa ou 4) camiseta unissex gola V. 

Solte a imaginação, customize abaixo sua escolha e tenha uma peça única feita sob encomenda por você!

Grande Sertão: Veredas. Pág. 76,  Guimarães Rosa. <3

 

Separamos alguns (outros) dos melhores trechos de Grande sertão: veredas

“O real não está no início nem no fim, ele se mostra pra gente é no meio da travessia”.
“O correr da vida embrulha tudo, a vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem”.
“Apertou em mim aquela tristeza, da pior de todas, que é a sem razão de motivo”.
“Se eu fosse filho de mais ação e menos ideia, isso sim, tinha escapulido, calado “.
“Um dia ainda entra em desuso matar gente”.
“O senhor saiba: eu toda a minha vida pensei por mim, sou nascido diferente. Eu sou é eu mesmo. Diverjo de todo o mundo”.
“A gente morre é para provar que viveu”.
“Viver é muito perigoso: sempre acaba em morte”.
“Quem ama é sempre muito escravo, mas não obedece nunca de verdade”.
“Como é que posso com este mundo? A vida é ingrata no macio de si; mas transtraz a esperança mesmo no meio do fel do desespero”.
“Amigo, para mim, é só isto: é a pessoa com quem a gente gosta de conversar, do igual o igual, desarmado. O de que um tira prazer de estar próximo. Só isto, quase; e os todos sacrifícios. Ou – amigo – é que a gente seja, mas sem precisar de saber o por que é que é”.
“Tem horas em que penso que a gente carecia, de repente, de acordar de alguma espécie de encanto”.
“Uma coisa é pôr ideias arranjadas, outra é lidar com país de pessoas”.
“E a gente, isso sei, às vezes é só feito menino. Se tem alma, e tem, ele é de Deus”.
“E o chiim dos grilos ajuntava o campo”.
“Ah, a mangaba boa só se colhe já caída no chão, de baixo…”.
”A colheita é comum, mas o capinar é sozinho”.
“Viver é um descuido prosseguido”.
“O senhor ache e não ache. Tudo é e não é …”
“Passarinho que debruça – o voo já está pronto”.
“Sou só um sertanejo, nessas altas ideias navego mal. Sou muito pobre coitado. Inveja minha pura é de uns conforme o senhor, com toda leitura e suma doutoração”.
“Eu quase que nada não sei. Mas desconfio de muita coisa”.
“Deus é paciência. O contrário é o diabo”.
“O mais importante e bonito, do mundo, é isto: que as pessoas não estão sempre iguais, ainda não foram terminadas – mas que elas vão sempre mudando”.
“A gente quer passar um rio a nado, e passa; mas vai dar na outra banda é num ponto muito mais embaixo, bem diverso do em que primeiro se pensou. Viver nem não é muito perigoso?”.
“Quem-sabe, a gente criatura ainda tão ruim, tão, que Deus só pode às vezes manobrar com os homens é mandando por intermédio do diá?”.
“O que não é Deus, é estado do demônio. Deus existe mesmo quando não há. Mas o demônio não precisa de existir para haver – a gente sabendo que ele não existe, aí é que ele toma conta de tudo”.
“Cavalo que ama o dono, até respira do mesmo jeito”.
“Quem desconfia fica sábio”.
“Passarinho cai de voar, mas bate suas asinhas no chão”.
“Ser ruim, sempre, às vezes é custoso, carece de perversos exercícios de experiência”.
“O espírito da gente é cavalo que escolhe estrada”.
“Medo, não, mas perdi a vontade de ter coragem”.
“O jagunço Riobaldo. Fui eu? Fui e não fui. Não fui! – porque não sou, não quero ser”.
“Eu careço de que o bom seja bom e o ruim ruim, que dum lado esteja o preto e do outro o branco, que o feio fique bem apartado do bonito e a alegria longe da tristeza! (…) Este mundo é muito misturado …”.
“Mas, na ocasião, me lembrei dum conselho de Zé Bebelo, na Nhanva, um dia me tinha dado. Que era: que a gente carece de fingir às vezes que raiva tem, mas raiva mesma nunca se deve de tolerar de ter. Porque, quando se curte raiva de alguém, é a mesma coisa que se autorizar que essa própria pessoa passe durante o tempo governando a ideia e o sentir da gente”.
“A morte é para os que morrem”.
“A vida da gente vai em erros, como um relato sem pés nem cabeça, por falta de sisudez e alegria. Vida devia de ser como sala do teatro, cada um inteiro fazendo com forte gosto seu papel, desempenho”.
“Preto é preto? branco é branco? Ou: quando é que a velhice começa, surgindo de dentro da mocidade”.
“No centro do sertão, o que é doideira às vezes pode ser a razão mais certa e de mais juízo!”.
“Sertão é isto: o senhor empurra para trás, mas de repente ele volta a rodear o senhor dos lados. Sertão é quando menos se espera”.
“O bom da vida é para cavalo, que vê capim e come”.
“E sei que em cada virada de campo, e debaixo de sombra de cada árvore, está dia e noite um diabo, que não dá movimento, tomando conta.”
“Tudo que é bonito é absurdo – Deus estável”.
“Liberdade – aposto – ainda é só alegria de um pobre caminhozinho, no vão dos ferros de grandes prisões”.
“Sertão é o sozinho”.
“Sertão: é dentro da gente”.
“Mestre não é quem sempre ensina, mas quem de repente aprende”.
“Só se pode viver perto de outro, e conhecer outra pessoa, sem perigo de ódio, se a gente tem amor. Qualquer amor já é um pouquinho de saúde, um descanso na loucura”.
“Tudo que já foi, é o começo do que vai vir, toda a hora a gente está num cômpito”.
“Um sentir é do sentente, mas o outro é o do sentidor”.
“Para o prazer e para ser feliz, é que é preciso a gente saber tudo, formar alma, na consciência; para penar, não se carece”.
“Obedecer é mais fácil do que entender”.
“Onde é que está a verdadeira lâmpada de Deus, a lisa e real verdade?”.
“Tive medo não. Só que abaixaram meus excessos de coragem”.
“O sertão é sem lugar”.
“Rir, antes da hora, engasga”.
“Vivendo, se aprende; mas o que se aprende, mais, é só fazer outras maiores perguntas”.
“Somente com a alegria é que a gente realiza bem – mesmo até as tristes ações”.
“O senhor sabe o que é silêncio é? É a gente mesmo, demais”.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest

PASSO A PASSO

Saudações, terráqueos!

Já definiu qual sentimento você vai querer levar pra casa, pro corpo e pra alma?

Então é hora de finalizar sua compra e nós estamos aqui pra deixar esse momento seguro e tranquilo!

Vamos lá!

É bem simples, se liga nos 8 passos rumo ao paraíso:

Atenção: é muito importante que você verifique se preencheu corretamente os dados do seu endereço, pois fazemos as entregas via Correios e eles não conseguem ficar procurando o número se estiver algo errado na hora da entrega. 

Também é muito importante que você escolha com cuidado o tamanho da sua peça! Bonés e canecas têm tamanho único, porém, moletons e camisetas têm suas variações de cores e tamanhos. 

 

Oferecemos camisetas UNISSEX, para todos os biotipos – lembrem-se: roupa é linguagem e o importante é você se sentir confortável tanto com o tamanho que veste quando com a mensgame que passa! A idéia é que você se vista de si mesma(o)! 

hierarquia de tamanhos

medidas da blusinha 100% algodão

medidas do moletom flaNelado

caneca de porcelana

body bebê 100% algodão

 

O body de bebê manga curta é feito em 100% algodão pra garantir uma boa transpiração e não causar desconforto na criança. A pele dos bebês é muito sensível (que não adora um cheirinho a um cafuné neles?!) e, por isso, é muito importante que a escolha do material que vai ficar em contato com a pele seja de primeiríssima qualidade. Sedas e poliéster, por exemplo, são ZERO indicados pois causam coceira e calor excessivo. Justamente por isso que nossa escolha foi trabalhar com o algodão em 100% do body. Não é sobre preço! É sobre valor! Ah, sim, escolhemos a modelagem de perna e manga curtinha para facilitar a vida dos papais e das mamães, pois só quem vive sabe: é mais fácil de abotoar depois da troca de fralda ou de um banho.

 

boné trucker aba curva

 

Um pouco de história da moda pra você:

Este modelo de boné lindinho que a gente oferece aqui no Coletivo Lírico inicialmente surgiu nos anos 80 como uma peça promocional de divulgação de marcas de produtos agrícolas e automobilísticos para ser doado aos trabalhadores rurais e caminhoneiros, por isso o nome Trucker!

Já que sua principal função era refrescar o couro cabeludo, uma vez que a telinha dá muito mais ventilação à cabeça que um boné com outro tipo de tecido, o modelo trouxe um diferencial de conforto – o que, na nossa opinião, é a PRINCIPAL característica para alguém ser elegante e chique: sentir BEM ESTAR com as peças da moda que escolhe para vestir – ele logo caiu no gosto popular e, no final dos anos 90 e início dos anos 2000, regressou como um item fashion, sendo amplamente utilizado por artistas de diversas áreas e acabou se tornando o queridinho do público do rock e da cultura pop.

Importante

– Vendemos produtos customizados, únicos, sendo assim, não efetuamos troca de desenho nem de tamanho.
– Caso a encomenda volte para nosso ateliê por motivo de endereço insuficiente e/ou destinatário ausente, será cobrado um novo frete via link de pagamento.
– Trocas e devoluções apenas por motivos de defeito de produção.
– Vendemos apenas pelo nosso e-commerce, não oferecemos a opção de retirada em nosso ateliê.

*fotos ilustrativas

Boas compras, bons looks e boas expressões da sua personalidade!