rima da gestação e todo um mar de opinão

taubaté

O meu ciclo atrasado
Será que algo está errado?
Não querida, não tá não
Já rolou fecundação
Celulinhas na mitose
É melhor não ter neurose

Tem ié ié e tem glu glu
Vai na fé e no clearblue
Na urina da manhã
Tire a tampa e fique sã
Em um minuto vai saber
O que esta pra acontecer
Dois riscos no palitinho
Seu bebê esta a caminho

Junto com felicidade
Se mistura a ansiedade
A noticia logo espalha
Se prepara pra gentalha
Nem nasceu, querem falar
O que comer e como andar
Vão rolar oposições
E sem pedir, opiniões
Se eu não quero dar chupeta
É não é na sua teta
Que meu filho vai mamar
Pra que me desanimar?

Tem a turma do Datena
Sem demora entram em cena
De tragédia se alimentam
E os causos ainda aumentam
“Com meu filho foi assim
Morreu comendo aipim”

Penso aqui com meus botões
Vou mandar logo camões
Se Amar é um cuidar
Que se ganha em se perder
Eu respiro até dez
Pra na sua cara não bater

Hoje existe plataforma
Pra sua idéia ser exposta
Abre um twiter ou lança um livro
Deixa livre o meu ouvido
Cada um e cada qual

O meu caminho é sem igual
Não quero te afrontar
Mas mereço meu lugar
Sendo igual ou diferente
Irresponsável ou competente
Não tens nenhum argumento
Pra destilar seu julgamento
Maternidade é tão sagrada

Seja Amável, Obrigada.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest