Um dos trabalhos que a gente mais gosta de pesquisar nas internetes são as colagens. Tem muito artista “prático” legal, muita gente bacana e muito estímulo de imagem pra gente se divertir por aí – sabia que PicassoGeorges Braque eram fãs do processo?

Aí, quando acontece da gente se deparar com um desenho e, em sequências repetidas, cair no mesmo autor, é porque está na hora de fazermos um post sobre ela, certo?

Pois bem: o nome da vez aqui na hello é o da… Sarah Wickings!

Ela é britânica, (linda), super criativa e faz umas colagens super minimalistas, daquelas que dá vontade de dar print e guardar pra postar em um dia de plenitude, sabe como?

Dá só uma olhada:

coisa linda dá pra ouvir daqui a música da risada da caçula <3

mais alguém ficou com vontade de comprar uma daquelas piscinas de supermercado e fazer uma tarde de migas tipo Sex And The City?

maravibes #

cada vez eu quero maaaaaaaaaais

esse aqui já é o trabalho mais recente dela, ficou menos romântico e mais minimalista

Sabe que outro dia o Centro Pompidou postou no Instagram  (o site deles não é tão legal quando o insta) uma sequência de vídeos mostrando como o ballet era matemática (ou melhor, geometria pura) que nosso cérebro super fez uma associação de imagens bem direta com essa colagem da Sarah!

Olha que belezinha:

Pra quem se interessar, o Centre Pompidou tem um canal super legal no Youtube “teoricamente” voltado para o público adolescente, com web-séries sobre diversas áreas do conhecimento: cores, geometria, dança, matemática

a gente aqui indica pra todas as idades:

Mas, voltando à Sarita:

segue favorita da vida:

olha nois chegando na balada

depois do primeiro drink…

depois da primeira tequila…

… e quando a gente chega no New Dog