mulhere inesgotável: seja uma também

Viva Hilda viva! Hilda Hilst está na moda. É engraçado porque Hilda é aquela peça vintage que ninguém deu muita bola quando foi lançada à época, e de repente todo mundo encontrou no guarda roupa da avó ao mesmo tempo e decidiu que é coisa de mulher moderna. Que brusinha linda, e tava lá encostada. […]

“É chato ser brasileiro” – crônica (atualíssima) de Nelson Rodrigues

“O povo já não se julga mais um vira-latas. Sim, amigos: — o brasileiro tem de si mesmo uma nova imagem. Ele já se vê na generosa totalidade de suas imensas virtudes pessoais e humanas.” Dizem que o Brasil tem analfabetos demais. E, no entanto, vejam vocês: — a vitória final, no Campeonato do Mundo, […]

e se me achar esquisita…

A ESCRITA DO FRAGMENTO Susana Souto Silva (UFAL) RESUMO // Este artigo discute o fragmento como constitutivo da escrita clariceana, a partir de crônicas dessa autora publicadas no livro ‘A descoberta do mundo”  (1984). Não se resiste Ao deus atroz Que os próprios filhos Devora sempre. (Ricardo Reis) De todas as imagens que a mitologia […]

amor por metrø quadrado

Por Helô Gomes Ele estava de óculos escuros mas, mesmo assim, era possível ver que os olhos sorriam. Talvez foram os lábios entreabertos pelo canto da boca ou talvez o corpo dele inclinado sempre pra frente apesar do balanço do vagão que me fizeram reparar no sorriso dela (esse sim, escancarado e literal) diante da […]

no escurinho do cinema

Por Helô Gomes Acho a solidão uma companhia fabulosa. Ela não me parece melancólica, muito pelo contrário: solidão só é triste quando é inevitável. Quando se trata de escolha, porém, é insubstituível. Poucas coisas promovem mais autoconhecimento do que dividir as supresas e emoções de um momento consigo própria: viajar sozinha, ir a um restaurante […]