poesia solta de domingo

Namorados O rapaz chegou-se para junto da moça e disse: – Antônia, ainda não me acostumei com o seu corpo, com a sua cara. A moça olhou de lado e esperou. – Você não sabe quando a gente é criança e de repente vê uma lagarta listada? A moça se lembrava: – A gente fica […]

poesia solta de domingo

Ria, Rosa, Ria (A Guimarães Rosa) Acaba a Alegria Dizendo-nos: – Ria! Velha companheira, Boa conselheira! Por isso me rio De mim para mim. Rio, rio, rio! E digo-lhes: – Ria, Rosa, noite e dia! No calor, no frio, Ria, ria! Ria, Como lhe aconselha Essa doce velha Cheirando a alecrim, A alegre Alegria! Manuel, […]

poesia solta de domingo

Poética Estou farto do lirismo comedido Do lirismo bem comportado Do lirismo funcionário público com livro de ponto expediente protocolo e manifestações de apreço ao sr. diretor. Estou farto do lirismo que para e vai averiguar no dicionário o cunho vernáculo de um vocábulo. Abaixo os puristas. Todas as palavras sobretudo os barbarismos universais Todas […]